Arquivos de Tag: Anos 70

Séries, temas & aberturas: Kojak (ou não basta ser careca)

O governo de #ForaTemerGolpista vai caindo a cada dia mais no ridículo. Comparar o lamentável ministro da Justiça com o Telly Savalas e seu magnífico Kojak é algo completamente sem noção.  Alexandre Moraes é lá capaz de ter essa moral, neném? E como estamos na Pavuna’73, segue a ótima música-tema do seriado que rolou de …

Continuar lendo

“O machão”

A foto abaixo é da minha turma do Colégio Pedro II, quando estávamos na sexta série, em 1973, ano que está no nome desta página. Se quiser me encontrar nela, terá algum trabalho – tímido que só, estou no lado direito da foto, o quarto da direita para esquerda, a cabeça fantasmagórica bem embaixo da …

Continuar lendo

A banda dos Irmãos Allman

Como o nome diz, a The Allman Brothers Band era o grupo liderado pelos irmãos Allman, Duane e Greg, e considerada uma das melhores – se não a melhor – banda de rock do sul dos EUA, sendo Duane escolhido pela Rolling Stones o nono melhor guitarrista de rock de todos os tempos, em eleição …

Continuar lendo

“Guilty” (Bee Gees/Hamilton)

Caras, eu realmente não resisto a um soul e o DJ inglês Hamilton Dean mandou bemzaço neste remix DnB de “Guilty”, dos Bee Gees

Continuar lendo

Doce tico-tico

Já tinham me avisado: de repente, uma coisinha, um detalhe, me faria lembrar dele. Dessa vez, foi uma música. Meu pai gostava muito de “Lero-lero”, de Edu Lobo e Cacaso. Nunca me disse o motivo, mas desconfio que era porque gostaria de ser como o personagem da canção – decidido, esperto, um “tico-tico de rapina”. …

Continuar lendo

Triste mágica azul

Uma das Grandes Perguntas: “O que vem antes, a música ou o sofrimento? Eu ouvia a música porque sofria? Ou sofria porque ouvia música?”. A questão é formulada por Rob Fleming, personagem principal de “Alta Fidelidade”, de Nick Hornby, livro que em 2015 faz 20 anos de publicação. A formulação da pergunta, de profundas e …

Continuar lendo

Foco! Foco!

Creio que, dessa vez, decepcionarei alguns fiéis seguidores da Pavuna ´73 – não falarei de nada muito antigo, das décadas de 60, 70 ou 80. O post é dedicado ao lounge, chill, ambient ou que nome tenham aquelas músicas “relax” em voga hoje e que me facilitam a vida profissional. Profissional sim, pois passei a …

Continuar lendo

Irmãos na música

Pouco depois de se conhecerem no meio da selva colombiana – e antes de começarem a caçar a esmeralda gigante -, o aventureiro Jack T. Colton (Michael Douglas) e a romancista Joan Wilder (Kathleen Turner), o heroico e charmoso casal de “Tudo por uma esmeralda”, encontram abrigo da chuva torrencial num avião muito suspeito que …

Continuar lendo

A voz de Minas

Em fins dos anos 70, não era muito complicado – você era fã de Chico Buarque e Milton Nascimento e estávamos conversados. A única divergência possível era se você aceitava o Chico cantar suas próprias composições ou acreditava que ele devia calar a boca e deixar a Elis e a Betânia mostrarem suas letras ao …

Continuar lendo

A voz da manhã

Era para o meu bem, mas isso não queria dizer que eu precisava gostar. Acordar todo dia às 4h45 para estudar não é o que se pode chamar de uma atividade atraente para um adolescente de 13 anos. Ainda mais que o Externato Frei de Guadalupe, a unidade Engenho Novo do Pedro II, ficava a …

Continuar lendo