Arquivos de Categoria: Anos 60

“Elis”

Vi “Elis” no sábado. Não vou nem tentar descrever o que senti porque o Marceu Vieira já o fez com aquele talento que invejo há 30 anos. Só fiquei matutando: será que há mais gente que lembra onde estava quando soube da morte da maior cantora brasileira com que convivi ? (Elizeth era grandiosa também, …

Continuar lendo

Bumba-meu-boi

A situação atual da política brasileira.  

Continuar lendo

Banda de mentirinha, sucesso de verdade

Teste pop! Qual o primeiro grupo que surgiu no mundo virtual e veio para o real? Cinco segundos para resposta! 5 – 4 – 3 – 2 -1!!! Quem respondeu Gorillaz…Eeeerrrrrou!!O primeiro grupo que surgiu fora da realidade e fez a passagem foi The Archies. Archibald “Archie” Andrews, Reginald “Reggie” Mantle, Elizabeth “Betty” Cooper, Veronica …

Continuar lendo

Séries, temas e aberturas: O agente da UNCLE

Quem já leu alguma vez o Pavuna’73 sabe que sou um sujeito nostálgico (creio que acontece com a maior parte das pessoas após os 50) – o próprio nome do blog grita esse fato Assim, há de compreender a minha alegria ao descobrir, num ponto de ônibus, há umas três semanas, que, no dia 3 de setembro, entraria em …

Continuar lendo

As grandes esperanças brancas

Todo o meu ecletismo musical, que você pode conferir ao lado, não esconde um fato: sou um “Motown boy” criado nos anos 60 e 70 nos subúrbios do Rio. Ao som de Chi-lites, Marvin Gaye, The Supremes, Stylistics, Stevie Wonder (não era da Motown, mas valia) e, acima de todos, os Jackson 5, é que …

Continuar lendo

O meu rei da infância

Minha irmã, Andréa, era uma moreninha gordinha de 5 para 6 anos quando minha mãe a levava pela mão da “avenida” onde morávamos (“avenida” era como se chamava um tipo de vila, formada por apartamentos e não por casas), na rua Senhor dos Matosinhos, no Centro – perto de onde hoje se ergue o Sambódromo …

Continuar lendo

Um luxo de canção

Uma nova forma esta semana. Em vez de falar de um compositor ou intérprete, Pavuna ’73 vai se concentrar numa canção. A ideia para a mudança, porém, não teve a ver com música, mas com cinema. Mais especificamente com uma de suas divas: Audrey Hepburn. “Moon river”, a canção em foco, é o tema de …

Continuar lendo