Esplendorosa

Pequena pausa nos Jogos Olímpicos. Após provocação de Olga de Mello, a querida Cláudia Noronha respondeu à altura : enviou uma porção de jóias da cafonice para o facebook. Logo do início, flechou meu coração (tô falando de cafonice, oras!): “Love is a many splendored thing”, que aqui ganhou a totalmente apelativa (e perfeita) tradução de “Suplício de uma saudade”. Nem tinha visto a fita (cafonice, lembra?), mas já estava impressionado pelos relatos de mamãe, que sempre falava dele como um dos melhores a que já assistira (e ela ia muito a cinema). Quando assisti também fiquei chapado, não pela história, mas pela música-tema, de autoria de Sammy Fain e Paul Francis Webster, e por Jennifer Jones. Apaixonei-me de imediato por ela ( mesmo com a maquiagem algo esquisita, às vezes, e sem ter visto a “Canção de Bernardette”) e, ainda hoje, a considero a medalha de bronze em termos de atriz, só perdendo para Audrey e Ingrid (de quem era superamiga, aliás).

Fique com “Love is many splendored things” na voz poderosíssima de Jerry Vale.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: